12 de junho de 2024

Descoberta de ossada com corda ao lado pode reabrir caso de jovem desaparecida há uma década

Facebook
Twitter
WhatsApp

Os ossos de Joice foram encontrados em setembro de 2023 no bairro Cidade Verde II, em Vilhena, por um residente que realizava escavações para uma construção

A descoberta de uma ossada humana em Vilhena, Rondônia, pode ser a chave para resolver o mistério do desaparecimento de Joice Barros de Oliveira, ocorrido há mais de dez anos. A jovem, que tinha 18 anos na época, desapareceu depois de sair de casa para uma festa de casamento em 18 de dezembro de 2013. Segundo exames de DNA realizados por um laboratório forense em Porto Velho, os restos mortais encontrados são da jovem. A família foi informada sobre a identificação na última terça-feira.

Os ossos de Joice foram encontrados em setembro de 2023 no bairro Cidade Verde II, em Vilhena, por um residente que realizava escavações para uma construção. No momento do desaparecimento de Joice, a área ainda era um matagal desabitado. A presença de uma corda ao lado da ossada sugere que a jovem pode ter sido amarrada, levando as autoridades a reconsiderar o caso, inicialmente tratado como desaparecimento, como um possível homicídio.

De acordo com o delegado Fábio Campos, que investigou o desaparecimento na época, todas as diligências possíveis foram realizadas, incluindo a análise de mensagens em redes sociais e quebra de sigilo telefônico. “Não encontramos envolvimento com crime ou qualquer pista que indicasse um desfecho trágico na vida pessoal de Joice, que era descrita como uma pessoa tranquila e integrada à sua família”, explicou Campos.

A descoberta agora abre novas linhas de investigação para a polícia, que busca entender as circunstâncias que levaram à morte de Joice e quem pode ser responsável por esse ato. Este caso, um dos mais enigmáticos da história de Vilhena, continua a gerar questões que as autoridades esperam finalmente responder.

 

Por: Joice Barros — Foto: Família/Arquivo Pessoal

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br