20 de junho de 2024

Empresária e filho são presos por se passarem por oftalmologistas

Facebook
Twitter
WhatsApp

Uma empresária, de 54 anos, e o filho dela, de 27 anos, foram presos pela Polícia Civil após se passarem por oftalmologistas no município de São João da Baliza, ao Sul de Roraima. As prisões aconteceram na manhã de quinta-feira (14).

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos possuem uma ótica em Manaus, no Amazonas, e vieram a Roraima com o objetivo de fazer as consultas e vender óculos de graus.
As investigações apontaram que a dupla promovia anúncios por meio de um carro de som, convidando os moradores a fazerem as consultas, realizadas pelo jovem, e já receberem os óculos. Eles cobravam R$ 400 pelos serviços.

O caso foi denunciado à polícia pelo Conselho Regional de Medicina de Roraima (CRM-RR), que apontou a atuação de um suposto médico que estaria realizando consultas oftalmológicas na região. A denuncia foi feita no Departamento de Polícia Judiciária do Interior (DPJI).

Os policiais identificaram a casa onde os suspeitos estavam hospedados e encontraram equipamentos e vários óculos de graus. Aos agentes, eles alegaram que não sabiam que estavam cometendo um crime.

A mãe e filho foram presos por exercício ilegal da medicina, arte dentária ou farmacêutica, mas vão responder ao procedimento em liberdade. Contra eles também foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

O material apreendido será encaminhado para Perícia e, posteriormente à Justiça.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br