12 de junho de 2024

Governo de Rondônia inicia Programa “Mais Produção/Calcário” para melhorar a produção e correção do solo no Estado

Facebook
Twitter
WhatsApp

om o objetivo de beneficiar pequenos e médios produtores dos 52 municípios de Rondônia. o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, retomou a entrega de calcário no Estado. A ação é realizada através do programa Mais Produção/Calcário, em parceria com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia – Emater e municípios.

Serão investidos R$ 17 milhões, com recursos provenientes do Fundo de Investimento e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira de Rondônia – ProLEITE e recursos próprios do Estado. Em 2022 foram transportadas 16 mil toneladas e a Ata de Registro de Preços prevê o transporte de 80 mil toneladas para 2023, o suficiente para recuperar mais de 26 mil hectares de área.

O governador Marcos Rocha ressaltou a importância desta ação. “Temos a satisfação de trazer esse benefício aos pequenos produtores do nosso Estado. O Governo desenvolve diversas ações para beneficiar de forma direta e indireta, toda a cadeia produtiva do agronegócio, o que consequentemente, resulta em reforço da economia local”.

PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA

Para participar do programa, o produtor deve procurar o escritório local Emater/RO da sua região e apresentar documentos de identificação, Cadastro Nacional da Agricultura Familiar – CAF, comprovante de aquisição do calcário, e análise de solo da propriedade com validade de no máximo um ano. Após realizar a inscrição, a Emater/RO encaminhará toda a documentação à Seagri, que irá incluir o produtor na rota do transporte de calcário.

Rondônia possui três usinas de calcário localizadas nos municípios de Parecis, Espigão do Oeste e Nova Brasilândia d’Oeste e cabe ao produtor escolher a usina para comprar o insumo. A empresa contratada é responsável pelo transporte até a sede do município e a Emater/RO se encarrega de acompanhar o descarregamento do calcário, fornecer orientação técnica para a aplicação e realizar a interpretação da análise de solo; a fim de recomendar a quantidade deste a ser aplicada. Dessa forma, cabe à Seagri a liberação dos recursos e gerenciamento da ação.

O Secretário de Estado da Agricultura, Luiz Paulo, explicou que: “O calcário é insumo básico para produção do desenvolvimento da agricultura no Estado de Rondônia, seja qual for a atividade, pecuária, agricultura, hortifrutigranjeiro ou a piscicultura, pode ser utilizado o calcário. Hoje não precisamos de grandes áreas para ter renda, mas, sim, incorporação de tecnologias e correções”, concluiu.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br