16 de junho de 2024

Governo do Estado entrega dez mil toneladas de calcário na primeira etapa do programa de incentivo do ProLeite

Facebook
Twitter
WhatsApp

Mais de 3,4 toneladas  de Calcário já foram entregues desde o início de Junho pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, aos produtores familiares inscritos no Programa Mais Produção/Calcário, com recursos do Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira de Rondônia – ProLeite. Os municípios beneficiados nessa primeira etapa são Buritis, Cacaulândia, Campo Novo, Rio Crespo, Monte Negro e Machadinho do Oeste. Outras sete mil toneladas, das dez previstas para a primeira remessa, continuarão sendo entregues nas próximas semanas, segundo o cronograma do Mais Produção/Calcário, beneficiando as regiões produtoras de leite. São 400 famílias contempladas em 19 municípios.

As inscrições para participar do programa são realizadas pela Emater/RO. Todos os beneficiários apresentaram cópias dos documentos pessoais – RG e CPF, comprovante no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar – CAF, análise de solo atualizada, e comprovante do pagamento da usina onde o calcário foi adquirido. Os critérios são estabelecidos pela Lei n° 3.969/2016 normatizada pelo Decreto n°22.17/2017. Segundo os produtores rurais, a maior dificuldade em adquirir o insumo para melhoria e correção do solo é o transporte. Com o recurso do ProLeite, essa dificuldade foi vencida.

De acordo com secretário da Seagri, Luiz Paulo, o Governo tem agilizado o transporte do calcário para as famílias de produtores inscritas no programa. É mais uma ação financiada pelo programa, criado para melhorar a produção leiteira no Estado. “Estamos comprometidos em investir e apoiar os agricultores, buscando constantemente melhorias para fortalecer o setor e garantir o sucesso desse importante segmento da nossa economia,” explicou.

O produtor Sebastião Neto, proprietário de um pequeno lote em Mirante da Serra, recebeu 35 toneladas de calcário e aplicou em 14 hectares de lavoura e pastagens. “Esse incentivo foi excelente. Há muito tempo queria corrigir minhas terras com calcário, mas não era possível. Só consegui graças ao apoio do Governo. Igual a mim, existem vários produtores que têm o sonho de aplicar calcário no solo para melhorar sua produção”, disse. O produtor deverá colher os frutos do programa estadual com o aumento da produtividade do seu rebanho leiteiro.

Nesta primeira etapa, o Mais Produção/Calcário chegará às regiões Madeira Mamoré, Vale do Jamari, e região Central do Estado.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br