20 de junho de 2024

Madonna receberá cachê de R$ 17 milhões por show no Rio; veja gastos do evento

Facebook
Twitter
WhatsApp

O valor está em uma planilha enviada em 14 de março à Funarj, a Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, vinculada ao governo do estado, e obtida pela Folha de S.Paulo.

A Bonus Track Entretenimento, responsável pela organização do show da Madonna na praia de Copacabana, no próximo sábado (4), declarou ao governo do estado que o cachê da cantora para a apresentação é de pouco mais de R$ 17 milhões.

O valor está em uma planilha enviada em 14 de março à Funarj, a Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, vinculada ao governo do estado, e obtida pela Folha de S.Paulo.

Na planilha, a Bonus Track detalha que o valor do cachê de Madonna é de R$ 17.075.000 -na conversão para dólares, isso equivale a cerca de US$ 3,3 milhões na cotação atual. O transporte de carga internacional, no entanto, foi estimado em valor mais caro do que o próprio cachê, R$ 20 milhões, segundo documento.

Veja bastidores do palco gigante de Madonna no Rio, que fica pronto na quinta Já os gastos com hotel foram estimados em R$ 4,85 milhões. Madonna e equipe estão desde segunda-feira (29) hospedados no Copacabana Palace, o mais tradicional hotel do Rio de Janeiro, localizado em frente ao palco. A equipe de Madonna reservou 90 dos mais de 230 quartos do hotel.

Em plano de trabalho enviado ao estado, a Bonus Track detalhou ainda gastos com a estrutura. O palco foi orçado em R$ 1,6 milhão, a estrutura de áudio em R$ 1,5 milhão, a equipe de segurança para o show em R$ 580 mil e a divulgação do evento em outros R$ 796 mil.

A produção do show montou uma passarela entre o Copacabana Palace e o palco. A estrutura, que custou R$ 195 mil, cruza a avenida Atlântica, que beira a praia.

Dentro do Copacabana Palace foram reservados salões para os ensaios internos da equipe da artista. Segundo a Bonus Track, os gastos com salões, camarins e ensaios dentro e fora do hotel é de R$ 877,8 mil.

O governo do estado repassou à Bonus Track R$ 10 milhões para a realização do show de Madonna, e a Prefeitura desembolsou outros R$ 10 milhões.
O contrato do estado diz que o valor “tem por objeto a concessão de incentivo financeiro cultural” para viabilizar o show, que tem o banco Itaú como patrocinador master.

A expectativa, segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro, é de que o evento movimente R$ 293,4 milhões na economia da cidade, com turismo e comércio. São esperadas 1,5 milhão de pessoas na praia de Copacabana.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br