22 de junho de 2024

Ministro acusa deputado Crhisóstomo de disseminar fake news e o chama de mentiroso e diz que o parlamentar rondoniense acredita nas própria mentiras que espalha

Facebook
Twitter
WhatsApp

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o ministro-chefe da Secretaria da Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, criticou duramente o deputado federal rondoniense Coronel Crhisóstomo (PL) por espalhar notícias falsas envolvendo a primeira-dama, Rosângela Lula da Silva, conhecida como Janja. Segundo o ministro, o parlamentar afirmou falsamente que Janja teria participado de um show da cantora Madonna no Rio de Janeiro, em um momento de crise no Rio Grande do Sul, onde chuvas intensas causaram devastação e deixaram milhares de pessoas desabrigadas.

O deputado Crhisóstomo, que é coronel do Exército e associado ao espectro político de extrema-direita, baseou suas acusações em informações já desmentidas, alegando ter visto vídeos que mostrariam a primeira-dama no evento musical.

O parlamentar rondoniense disse ter assistido vídeos em que Janja apareceria “numa farra” no show de Madonna, o que é mentira.

“Eu lamento profundamente que o deputado Coronel Crhisóstomo do PL faça um vídeo e vá para a tribuna inventando que a Janja foi ao show da Madonna, e o pior, dizendo que ele viu, e que aparece no vídeo. Além de mentir, ele acredita na própria mentira, com o único objetivo de disseminar o ódio, a desinformação, as fake news, no momento em que o Brasil precisa de união”, declarou o ministro.

O ministro também expressou profunda decepção com a conduta do deputado, ressaltando que tais ações prejudicam os esforços de auxílio às vítimas das enchentes no Sul do país. “Pessoas que deveriam honrar a própria trajetória, a farda, o mandato… mas qual é o objetivo dessas pessoas a não ser prejudicar aqueles que estão lutando para salvar vidas?”, questionou.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br