22 de junho de 2024

MORADORA DE PORTO VELHO FEZ A ENTREGA VOLUNTÁRIA DE UMA TARTARUGA AO BATALHÃO DE POLÍCIA AMBIENTAL

Facebook
Twitter
WhatsApp

Uma moradora da Vila Tupi, situada no município de Porto Velho, na tarde desta terça-feira,  acionou o Batalhão de Polícia Ambiental para realizar a entrega voluntária de uma Tartaruga.

Atendendo prontamente ao chamado, a Patrulha Ambiental deslocou-se até a residência da moradora e recebeu o animal com cuidado e atenção. Segundo relatos, a tartaruga foi entregue em bom estado físico, porém, por questões de segurança e saúde do animal, foi encaminhada ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS).

No CETAS, a tartaruga passará por uma avaliação, cujo o objetivo é verificar se o animal está saudável e em condições adequadas para uma possível reintrodução ao seu habitat natural.

A atitude da moradora da Vila Tupi evidencia a importância da conscientização e da colaboração da comunidade na proteção da fauna e flora local. A entrega voluntária de animais silvestres em situações como essa contribui significativamente para a preservação do ecossistema e para a promoção do equilíbrio ambiental.

Vale ressaltar que, de acordo com as leis, manter animais silvestres em cativeiro sem a devida autorização do órgão ambiental competente configura crime, sujeito a penalidades conforme estabelecido no artigo 32, da Lei 9.605/98 para quem praticar atos que coloquem em risco a fauna.

O Batalhão de Polícia Ambiental ressalta a importância de que casos semelhantes sejam comunicados às autoridades competentes, garantindo assim o amparo necessário aos animais encontrados em situação de risco ou fora de seu habitat natural.

A expectativa é de que, após a avaliação no CETAS, a tartaruga possa ser reintegrada à natureza, contribuindo para a manutenção da biodiversidade na região.

Fonte: Ocorrência Policial
Texto/Fotos:  Cabo PM Da Hora

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br