12 de junho de 2024

Projeto “Vem Pro Parque” fortalece ações de educação ambiental para o entorno do Parque Estadual Guajará-Mirim

Facebook
Twitter
WhatsApp

Com o objetivo de promover ações de educação ambiental para prevenção e conscientização voltadas aos recursos naturais, nas zonas de amortecimentos do Parque Estadual Guajará-Mirim (PEGM), o Governo de Rondônia realizou de 23 a 31 de outubro, atividades educativas no entorno da Unidade de Conservação.

Segundo a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), a programação foi organizada pela Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUC), em parceria com a Coordenadoria de Educação Ambiental (Ceam). As coordenadorias promoveram  palestras para escolas públicas nos municípios de Campo Novo, Buritis, Guajará-Mirim, Nova Mamoré e distrito de Nova Dimensão, que estão no entorno do Parque.

As atividades incluíram o Escritório Regional de Gestão Ambiental (Erga), de Buritis; 3° Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, de Buritis; Secretaria de Meio Ambiente e Turismo (Semat), de Campo Novo; e 6° Batalhão da Polícia Militar, de Guajará-Mirim. Demonstrando o compromisso da Sedam em levar conscientização, prevenção e conhecimento sobre a importância desta Unidade de Conservação para a sociedade, a programação culminou na terça-feira (31), com a primeira edição do Projeto Vem Pro Parque ao receber  um grupo de alunos da Polícia Mirim de Guajará-Mirim, que percorreu uma trilha conhecendo árvores de espécies nativas, presentes no PEGM.

Para o governador,  Marcos Rocha, as atividades educativas de prevenção e conscientização voltadas aos recursos naturais, são importantes para garantir a preservação dos recursos naturais dentro das Unidades de Conservação.

“Trabalhar junto às crianças e adolescentes o tema da Educação Ambiental, faz com que essa geração possa crescer conhecendo seus deveres e cuidados com o meio ambiente. Em especial esse trabalho realizado dentro do Parque Estadual Guajará-Mirim, que promoveu um dia de lazer e recreação, conhecendo a estrutura local e visitando a trilha que dá acesso a corredeira do rio Formoso, apresentando as belezas naturais promovidas pela preservação das UCs”, disse.

MEIO AMBIENTE

De acordo com o secretário da Sedam, Marco Antonio Lagos, o foco na educação ambiental busca instruir os alunos participantes a disseminarem boas práticas de prevenção e cuidados com o meio ambiente. “Ações como essas permitem que as palestras educativas cheguem a mais pessoas e por consequência, possam atingir os objetivos. É necessário fortalecer as ações de conscientização voltadas aos recursos naturais, dentro do PEGM, mas também precisamos trabalhar no entorno do parque, chegando mais próximos das comunidades que estão nas proximidades, para que se tornem guardiões da Unidade de Conservação”, disse.

O gestor do Parque, Franclin Queiroz de Lima, disse que é importante trazer os alunos para dentro da unidade, para que possam conhecer a necessidade de conscientizar e manter a floresta de pé. Ele avaliou como positiva a realização do Vem pro Parque. Toda a atividade foi realizada através do Programa de Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), que tem por objetivo promover a conservação da biodiversidade amazônica do Brasil. E o Parque Estadual Guajará Mirim é uma das unidades de conservação contemplada pelo programa.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br