12 de junho de 2024

Sanidade e bem-estar de bovinos leiteiros é foco da Vetoquinol Saúde Animal no Agroleite

Facebook
Twitter
WhatsApp

Companhia francesa, que celebra 90 anos de fundação, destaca o controle de doenças em geral baseado em tecnologia e inovação, em uma das principais feiras do leite no país

Assim como todos os animais de produção, os bovinos leiteiros também sofrem com inúmeras enfermidades causadas por bactérias, fungos, vírus, vermes e outros microrganismos. Doenças como a mastite, a pneumonia, a diarreia e o timpanismo (acúmulo de gases) são algumas das que acometem rebanhos em diferentes localidades do Brasil e do mundo. Sabendo disso, a Vetoquinol Saúde Animal, que em 2023 comemora 90 anos de fundação, destaca soluções e tecnologias voltadas ao combate desses problemas no Agroleite, de 8 a 11 de agosto, em Castro (PR).

Gerente de marketing e serviços técnicos da Vetoquinol, Antonio Coutinho destaca a importância do controle das doenças e parasitas para o aumento da lucratividade do produtor. “Estudos mostram que apenas a mastite ambiental, por exemplo, causa prejuízo de R$ 200 por animal. Extremamente contagiosa, em um pequeno rebanho de cinco mil animais, esse impacto econômico giraria em torno de R$ 1 milhão. E vale destacar, ainda, que estamos falando de apenas uma doença das dezenas que existem”.

A Embrapa aponta que 90% desse custo de R$ 200 ocorre pela redução na produção de leite, já que os fortes sinais clínicos impedem o bom desempenho dos animais. A estimativa dessa redução é de 450 litros de leite por vaca – já o descarte da proteína animal fica em aproximadamente 260 litros. Esses números referem-se à mastite ambiental – que ocorre quando a infecção tem origem no local onde vivem os bovinos, seja por meio de matéria orgânica, fezes ou barro onde as bactérias se desenvolvem.

Para o tratamento contra essa enfermidade, a Vetoquinol apresenta uma combinação extremamente eficaz no evento. Trata-se do Forcyl® aliado ao Tolfedine® CS. A combinação científica de antibiótico com 16% de marbofloxacina (Forcyl®) e de anti-inflamatório de dose única com ácido tolfenâmico (Tolfedine® CS) combate os patógenos causadores da mastite e proporciona melhoria no bem-estar dos animais.

“Em nossas soluções, temos sempre pensado em aliar o retorno rápido do animal ao estado de bem-estar com a redução no prejuízo econômico que as enfermidades causam aos produtores. Por isso, além de ser eficiente contra as bactérias causadoras da mastite, essa combinação também auxilia no bem-estar dos animais, proporcionando aumento de produtividade. Ou seja, aliamos tecnologia de ponta e amplamente comprovada à eficiência e retorno do investimento e produtividade”, complementa Coutinho.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br