12 de junho de 2024

Tecnologia em laboratório para reprodução de peixes amazônicos é apresentada durante a Rondônia Rural Show

Facebook
Twitter
WhatsApp

Rondônia é destaque pela produção de peixes, principalmente o Tambaqui, com uma produção de 57.200 toneladas. O Estado é o 3° maior produtor de peixe de cultivo do país, e o 1º da região Norte, é o que dizem os dados divulgados pelo Anuário 2023 Peixe BR da Piscicultura. E com tantas conquistas, a cadeia produtiva da piscicultura não poderia ficar de fora da 10ª Edição da Rondônia Rural Show.

Através de um convite do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, uma usina do ramo de energia elétrica participa do evento, com a apresentação do projeto de conservação do bagre Babão Zebra, para o público que visita o estande da empresa. São matrizes do bagre Babão Zebra, peixe ornamental muito utilizado por colecionadores. A bióloga e doutora em Ciências, Marcela Velludo, explicou que existe um monitoramento das espécies da bacia hidrográfica do Rio Madeira.

MONITORAMENTO

Em Porto Velho, a usina de energia possui um laboratório de reprodução de peixes, onde são realizados estudos sobre os grandes bagres da Amazônia que fazem migrações de longa distância. Dentro do programa de licenciamento, o subprograma de monitoramento é realizado, a fim de que a usina tenha tecnologias que possa transferir aos produtores, à reprodução dos peixes em escassez na bacia do Rio Madeira e seus afluentes, para quando houver necessidade. Um exemplo dos estudos da usina contemplou a reprodução em cativeiro da Piramutaba, espécie de grande comercialização no Pará.

Os visitantes se deparam com vários aquários e peixes no estande da empresa

O governador Marcos Rocha esteve no “Espaço Peixes de Rondônia”, e elogiou a preocupação em monitorar as espécies da Amazônia, ajudando a manter o ciclo do pescado. “Nossa Rondônia Rural Show traz tecnologia para todos os setores”, ressaltou.

Para o secretário Luiz Paulo, que visitou o local pela manhã, o “Espaço Peixes de Rondônia” trouxe muitas novidades aos produtores. Os visitantes se deparam com vários aquários e peixes, e o bagre Babão Zebra está sendo a atração do local. Se você quiser conhecer um pouco mais sobre essa espécie, é só dar uma passada no “Espaço Peixes de Rondônia”, que fica no acesso C, da Linha Santa Rita, ao lado do estacionamento 7, destinado aos ônibus.

CURIOSIDADES

Nome Científico: Brachyplatystoma platynema

Família: Pimelodidae

Ordem: Siluriformes

Distribuição: Nas bacias Amazônica e do Tocantins.

Alimentação: Peixes e invertebrados.

Reprodução: Realiza grandes migrações para fazer a desova em rios de água branca. Larvas e alevinos ficam na segurança de lagos e matas inundadas para se alimentar e crescer. É cada um por si. Os pais não cuidam da prole.

Compartilhe

Picture of Alerta Notícia

Alerta Notícia

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail

Whatsapp – 69 992491509

E-mail –[email protected]

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br